Faça parte do nosso programa de fidelidade!

Entenda o que é diástase e como evitá-la

 1.797 Visitas  31 de agosto de 2018  Rock Content
Mulher com mão nas costas

Você sabe o que é diástase? Essa condição afeta muitas mulheres no pós-parto e causa diversos incômodos (não apenas estéticos). Afinal, o afastamento dos músculos abdominais deixa a barriga flácida e ainda causa dores na região lombar e no bumbum.

Embora não seja possível prever quem, após a gravidez, apresentará diástase, algumas medidas podem prevenir seu aparecimento ou mesmo corrigi-la após o parto. Nos casos mais graves, apenas uma cirurgia consegue realinhar a musculatura.

Quer saber mais sobre a diástase e como evitar que ela aconteça ou se livrar dela? Acompanhe!

O que é diástase?

Nosso abdômen é formado por diversos músculos, incluindo o reto abdominal. Ele recebe esse nome pois se estende verticalmente desde a região abaixo dos seios até o púbis. Esse músculo se organiza como um par separado por uma faixa de tecido conjuntivo.

A diástase acontece quando há o afrouxamento e afastamento das fibras que compõem esse músculo, criando um vão entre elas. Essa distância pode chegar a 10 cm e no lugar da separação pode haver uma protuberância.

Quais as causas da diástase?

A principal causa da diástase é a fraqueza dos músculos abdominais. Qualquer situação em que haja expansão da barriga, como uma gravidez ou ganho repentino de peso, pode desencadear o problema. Além disso, o levantamento excessivo de peso também pode dar origem à condição.

Durante a gestação, alguns fatores elevam a probabilidade de diástase, incluindo:

Quais os principais sinais e sintomas?

As consequências da diástase não são apenas estéticas. Todos os músculos do nosso corpo contribuem para as atividades de sustentação e movimento. Quando ocorre uma fraqueza no abdômen, o organismo compensa a fragilidade sobrecarregando outras regiões.

Por essa razão, a diástase é frequentemente acompanhada de dores na região lombar e nádegas. O problema pode desencadear cifose, o aumento anormal da curvatura da coluna na região dorsal.

Como a diástase é diagnosticada?

Por meio do autoexame, é possível verificar se há espaço entre as fibras do músculo reto abdominal. Para isso, basta deitar no chão e subir o tronco em um ângulo de 45°, como em uma abdominal. Aí, é só apalpar a barriga e sentir se há um vão em sua linha central. O diagnóstico pode ser confirmado por meio de exames de imagem, como ultrassonografia ou tomografia.

É possível tratá-la?

Sim! Há 3 tipos possíveis de tratamento que variam conforme o grau do problema. Acompanhe!

Exercícios

Fortalecer os músculos abdominais auxilia nos casos mais brandos de diástase. Os exercícios devem ser realizados sob supervisão de um fisioterapeuta ou profissional de educação física qualificados. Isso evitará riscos de piorar o afastamento ou causar danos à coluna.

Fisioterapia

Também tem como objetivo fortalecer os músculos abdominais. Nela, são utilizados aparelhos que promovem a contração do reto abdominal durante alguns minutos, melhorando seu tônus.

Assim como os exercícios, o tratamento com fisioterapia pode começar a ser realizado logo após o parto normal ou depois da cicatrização completa do corte da cesariana.

Cirurgia

Nos casos mais graves, a reaproximação dos músculos pode ser feita cirurgicamente. O médico faz uma incisão no abdômen inferior e costura os músculos. Caso haja necessidade, o procedimento pode ser combinado com lipoaspiração ou abdominoplastia, removendo o excesso de gordura e pele da região.

A cirurgia pode ser feita 6 meses após o parto. Caso a mãe esteja amamentando, é recomendado esperar o desmame antes de se submeter ao tratamento.

Dá para prevenir a diástase na gravidez?

A resposta para essa pergunta também é sim. Veja nossas dicas para evitar o problema:

Pronto! Agora você já sabe o que é diástase e tem informações sobre suas causas, diagnóstico, tratamento e prevenção. Se você ainda carrega dúvidas sobre a aparência da sua barriga, converse com seu médico e discuta as melhores opções.

Você gostou deste post? Então nos siga nas redes sociais e fique por dentro dos melhores conteúdos! Estamos no FacebookPinterestInstagramYouTube e Twitter.





Visite nossa loja física
Visite nosso site.
Contate-nos
Ganhe   5% OFF