Cadeira de alimentação infantil: quais são os benefícios dela?

 2.342 Visitas  3 de agosto de 2018  Rock Content
Bebê na Cadeira de alimentação infantil

Seu bebê começou a comer papinha e frutas e todo mundo em casa acha fofo, não é? Mas quem alimenta uma criança nessa fase sabe o quanto a tarefa pode ser desconfortável: o bebê se mexe muito, se posiciona meio sem jeito, dependendo de onde é colocado, e nem sempre há outra pessoa para segurar o pequeno no colo.

Passando por isso? Então essa é a hora de pesquisar e comprar uma cadeira de alimentação infantil. Se você tem dúvidas sobre sua real necessidade ou sobre qual é a melhor opção, é só continuar lendo este artigo que a Kid’s Brasil preparou!

O que é a cadeira de alimentação infantil?

A cadeira de alimentação infantil é projetada especialmente para o momento de dar comida ao bebê, seja na fase em que ele ainda não come sozinho, ou na fase em que a independência com a colher surge — junto com a lambança.

Ela é importante para evitar um bocado de desgaste dos pais na tarefa, já que dar comida sem a cadeira é difícil: depende da ajuda de outra pessoa, a criança fica desconfortável e pode até escorregar com os movimentos que faz. Há várias vantagens no uso da cadeira de alimentação infantil, vamos falar sobre elas no próximo tópico.

Quais seus benefícios?

Há quem pense que a cadeira de alimentação infantil é um gasto supérfluo, mas garantimos que não. Basta conferir as vantagens da nossa lista:

Praticidade

A cadeira própria para alimentação da criança deixa a tarefa bem mais prática. Com um design voltado à funcionalidade e ao conforto, tanto do bebê quanto de quem vai alimentá-lo, muitas cadeiras têm mecanismos com ajuste de altura para facilitar a vida dos pais.

A cadeira também ajuda a restringir a sujeira, que faz parte dessa fase, a um espaço menor. Sem a cadeira, pais e mães experimentam constantemente ter sua roupa suja por comida.

Segurança

A cadeira é bem mais segura para a criança do que o colo de quem está se dividindo entre segurar um bebê e colocar comida na boca dele. É normal que os pequenos se mexam muito nessa fase, e isso pode resultar em quedas perigosas.

As cadeiras são equipadas com cintos que firmam o bebê na posição certa. O próprio fato de serem ergonômicas poupa os bebês de problemas futuros.

Desenvolvimento da criança

É importante para a criança ter espaço para experimentar e desenvolver autonomia. As cadeiras proporcionam isso aos bebês que começam a comer sozinhos. Assim, o desenvolvimento é priorizado, não só no aspecto motor, mas também no cognitivo.

Criação de rotina na família

Regras são importantes para o funcionamento da família, e a cadeira de alimentação infantil permite a criação de uma rotina em grupo, onde o bebê entende seu papel e o que deve fazer sempre que senta na cadeira.

Existem tipos diferentes?

Há vários tipos de cadeira de alimentação infantil, mas três costumam se destacar entre as mamães:

Modelo tradicional

São os cadeirões com bandeja. Esses modelos clássicos restringem a bagunça da criança ao seu espaço. É um tipo de cadeira que pede um investimento maior e, por ser grande, é mais difícil de transportar e acomodar.

Cadeira que se acopla à mesa

Possui uma estrutura que se acopla à extensão da mesa, permitindo que o bebê coma com a família, na mesma altura. É mais prática de transportar, mas não possui bandeja própria nem é reclinável.

Booster

É tão portátil quanto a cadeira que se acopla à mesa, mas funciona em cima de uma cadeira convencional, deixando a criança na altura certa e em um assento mais seguro. É necessário prestar muita atenção na fixação à cadeira, para prevenir quedas.

O que levar em consideração ao comprar?

Tenha em mente os seguintes aspectos ao escolher a cadeira de alimentação infantil do seu bebê:

E então, gostou das nossas dicas sobre cadeira de alimentação infantil? Esperamos que sim! Leia também nosso artigo sobre alimentação infantil saudável para cada idade!





Visite nossa loja física
Visite nosso site.
Contate-nos
Ganhe   5% OFF