Como desmamar o bebê: confira 6 dicas que vão te ajudar!

 19.416 Visitas  28 de dezembro de 2018  Rock Content
Mãe alimentando o seu bebê

A partir dos 6 meses de idade, quando a criança já começa a ingerir outros alimentos, a mamãe já pode pensar em como desmamar o bebê. Tudo vai depender da vontade e da rotina da mulher em continuar amamentando. De qualquer forma, o mais importante é que a nova fase entre a mãe e o filho seja realizada sem causar estresse para ambos.

Para entender melhor sobre o assunto, preparamos este post. Aqui você acompanha 6 dicas para desmamar o seu bebê sem traumas. Continue a leitura!

1. Planeje o momento para começar o desmame do bebê

Ao pensar em desmamar seu filho, comece aos poucos. Torne um processo gradual, de modo que o bebê se adapte naturalmente à nova rotina. É importante também não voltar atrás da escolha que tomou. Seja firme na decisão e tente acalentar o neném de outras formas, sem ter que oferecer o peito para mamar.

2. Determine um período para a mamada

Estabeleça um tempo para cada mamada. É possível começar essa rotina com seu bebê de maneira bem lúdica. A dica é usar o tempo de uma música que ele goste ou você mesmo pode fazer uma contagem. Após o prazo estipulado, a ação deve ser interrompida.

3. Identifique as necessidades do bebê

A dica aqui é evitar oferecer o peito para qualquer situação de choro ou “reclamação” do bebê. Essa atitude, infelizmente, é muito comum entre as mãe e é até incentivada por pessoas que estão por perto. Veja primeiro se não é a hora de oferecer uma fruta, água ou suco para a criança. Em muitos casos, pode ser até um desejo de ficar no colo ou de brincar com a mamãe.

4. Defina um local para amamentar

Estabeleça que só vai amamentar o bebê em um determinado lugar da casa. Escolha um local mais distante do que a criança costuma ficar e brincar. Dessa forma, vai ser mais difícil para o pequeno interromper a brincadeira e se deslocar até o ambiente da amamentação.

5. Varie os alimentos

Ao incluir novos alimentos no cardápio da criança, ela conhece outras texturas e sabores. Com isso, o interesse por outra fonte de alimento amplia. Além de ser útil para ajudar no desmame, contribui para a nutrição e desenvolvimento dos dentinhos.

6. Envolva os membros da família

Não se sinta sobrecarregada com o desmame de seu bebê. Peça ao seu parceiro, a avó ou uma tia para ajudar nesse processo. Eles podem auxiliar na transição, oferecendo o leite no copinho ou mamadeira. Dessa forma, o pequeno deixa de associar a mãe à necessidade alimentar.

Agora você sabe como desmamar o bebê de maneira mais tranquila. Peça sempre ajuda quando precisar e busque orientações com o pediatra da criança. Vale ressaltar que apesar de parecer difícil, com muito amor e persistência é possível passar por mais essa etapa.

Agora que você já conferiu dicas importantes sobre como desmamar o bebê, deixe um comentário sobre o assunto. Queremos muito saber sua opinião sobre o tema!

 





Visite nossa loja física
Visite nosso site.
Contate-nos