Saiba como evitar a brotoeja em bebê

 4.329 Visitas  3 de fevereiro de 2020  Edgar Faria
Brotoeja em bebê

Um problema muito comum, mas que causa preocupações nas mamães e papais é a brotoeja em bebê, também conhecida como miliária. Trata-se de pequenas bolinhas claras ou avermelhadas na pele, que podem surgir em qualquer área do corpo. Contudo, são mais frequentes no tronco, no pescoço e na barriga. 

Ela é causada por uma obstrução nos ductos das glândulas que produzem suor. Por isso, as brotoejas aparecem mais no verão. Além disso, apesar de afetar a todos, são mais comuns em bebês e crianças por estes possuírem ductos ainda imaturos e poros menores. Dessa forma, o suor tem maior dificuldade de sair. 

O que causa a brotoeja em bebê

Como já mencionado anteriormente, o principal motivo do surgimento da brotoeja em bebê é a obstrução do ducto e do poro por onde sairia o suor. Entretanto, há também outras causas para o problema.

Uma delas é o calor excessivo. Portanto, é preciso ter cuidado para não superaquecer o bebê. A dica é verificar se a pele dele está úmida e avermelhada. Esses são os principais sinais de calor. Nesses casos, o ideal é vestir o pequeno com roupas frescas e leves

Ademais, produtos como talcos e loções podem bloquear os poros. Assim, deve-se notar se as brotoejas pioram após o uso desses itens.

Quando o bebê tem febre também há mais risco de surgirem as brotoejas, pois a criança transpira em excesso. 

Pomadas para brotoeja em bebê
Algumas pomadas são prescritas pelos médicos para aliviar as brotoejas

Tipos de brotoejas

Existem três tipos de brotoejas. A primeira e mais simples é chamada de “miliária cristalina”, que se apresenta como bolinhas com líquido transparente ao redor. Já a “miliária rubra” é avermelhada e costuma causar coceiras.

Por fim, a “miliária pustulosa” é incomum e mais grave. A causa está em obstruções mais profundas nos ductos que geram irritações com pus. 

Como evitar

A principal forma de evitar a brotoeja em bebê é, como já dito, não superaquecer a criança. Contudo, também é importante não vestir o pequeno com roupas apertadas e de tecidos sintéticos. As peças de algodão são as mais recomendadas

Mais do que isso, evite ainda banhos com água muito quente. O ideal é a temperatura ambiente. 

Os tratamentos das brotoejas em bebês

A miliária cristalina tende a desaparecer em três ou quatro dias, sem a necessidade de um tratamento específico. 

Contudo, quando isso não acontece ou há o desenvolvimento da fase rubra, é preciso procurar ajuda médica. O especialista irá prescrever pomadas para tratar o problema e amenizar a coceir

No entanto, lembre-se de sempre ter a recomendação do médico antes de utilizar qualquer produto no seu bebê. 






Visite nossa loja física
Visite nosso site.
Contate-nos