Meu filho tem vergonha de tudo! Entenda como lidar com crianças tímidas

 1.442 Visitas  31 de julho de 2020  Edgar Faria
crianças tímidas

O seu filho tem poucos amiguinhos? Quando vai a uma festa de aniversário, ele não fica nos grandes grupos de crianças? Fica muito envergonhado quando chega alguma visita em casa? Provavelmente, o que vamos falar não será um surpresa: o seu bebê faz parte do time das crianças tímidas.

Mas o que vamos falar aqui pode ser surpreendente para muitas pessoas: não tem nenhum problema em ser tímido!

Porém, sabemos que pode ser difícil lidar com pequenos que não gostam muito de interagir, principalmente quando os pais são pessoas extrovertidas. Por isso, montamos esse guia para você entender mais sobre essa personalidade incrível do seu filhote.

Acompanhe:

Seu filho não tem um problema de saúde

A timidez não é uma doença, é apenas um tipo de personalidade. 

Funciona assim: existem os extrovertidos, que se sentem bem quando estão rodeados de pessoas e amam conhecer gente nova. Já os introvertidos, que também podem ser chamados de tímidos, precisam de um tempo sozinhos para descansar entre uma interação social e outra.

E os introvertidos não são uma minoria. Alguns estudos americanos, por exemplo, indicam que de 30% a 50% da população dos Estados Unidos é assim.

Crianças tímidas não precisam ser mudadas

Como a timidez não é problema, você não precisa tentar mudar a forma como o seu filho é.

Caso ele não queira participar daquela brincadeira em grupo, não o obrigue. Se depois de chegar da escolha ele quiser apenas brincar sozinho em casa ao invés de ir a um parquinho, entenda que ele precisa de um tempo para recarregar as baterias.

Algo que também é muito importante é não criticar as crianças tímidas por essas necessidades típicas dos introvertidos. Quando se sentem julgados, os pequenos ficam ainda mais retraídos e isso pode se tornar um problema. 

Crianças tímidas em brincadeiras

Crianças tímidas gostam de brincar sozinhas, mas podem ser incentivadas a participar de interações em grupo

Mas nada de superproteção

Não forçar o seu filho a fazer coisas que o deixem desconfortável não significa protegê-lo em excesso.

Por exemplo, quando ele precisar fazer uma apresentação na escola, não arrume desculpas para livrá-lo dessa tarefa. É preciso incentivá-lo a enfrentar a vergonha. Afinal, ele vai precisar se expor em muitas situações na vida adulta.

Outra dificuldade comum para crianças tímidas é fazer novos amiguinhos. Por isso, você também pode mostrar ao seu filho o quanto é bom conhecer pessoas novas. 

Porém, mas uma vez, nada disso deve ser algo forçado e, sim, natural e conversado com amor e empatia com os sentimentos do seu pequeno.

Crianças tímidas não devem ser rotuladas 

Infelizmente, a timidez ainda é um rótulo. Uma criança tímida, muitas vezes por não conseguir expressar tudo o que é para os outros, costuma ser reconhecida apenas como “a tímida”.

Por isso, não rotule seu filho assim e também o ajude a não ser rotulado. 

Ao conversar sobre o seu bebê, conte sobre as brincadeiras preferidas, as comidas que ele gosta, os desenhos mais amados, a matéria da escola que ele acha mais legal e todas as coisas que fazem do seu filhote uma pessoinha incrível!

Não se esqueça de elogiar

Como falamos acima, o rótulo de tímido não é algo positivo. Mais uma vez, infelizmente, pessoas introvertidas costumam ser tratadas como “as esquisitas” e até sofrer bullying. 

Então, a dica aqui é simples: faça o seu bebê entender que ele não é “errado”. Portanto, elogie!

Faça com que ele também veja todas as coisas boas que ele é. Assim, ele conseguirá se impor mais e não aceitar que as pessoas o tratem mal.

Conversar com crianças tímidas

Mesmo se o seu filho for tímido, converse muito com ele!

Converse muito

O fato do seu filho ser mais calado e não puxar muito assunto com você não significa que você não deve conversar com ele.

Converse, comente sobre coisas aleatórias, brinque junto e mostre que, com você, ele pode se abrir e ser ele mesmo.

Crianças tímidas podem guardar muitos sentimentos ruins somente para elas e isso irá afetar a saúde mental. Então, seja o porto seguro do seu bebê.

Ah, mas não se esqueça de respeitar os momentos em que ele queira ficar sozinho.

Fale também com professores

Por essa tendência de não expressar muito seus sentimentos, os introvertidos podem sofrer agressões e nem contar para ninguém.

Portanto, os professores são aliados dos pais de crianças tímidas. São eles que irão contar se aconteceu algum caso de bullying, se o pequeno está com dificuldade em uma matéria ou se está triste com algo, o que pode indicar a necessidade de buscar ajuda profissional. 

Assim, você acolhe a personalidade do seu bebê do jeitinho maravilhoso que é. 

Gostou no nosso conteúdo? Deixe seu comentário aqui abaixo!

Também visite a nossa loja. Temos as melhores roupinhas importadas, como Carter’s, Gerber e Oshkosh, com ótimas promoções. Acesse e aproveite: www.kidsbrasil.com.br

 





Visite nossa loja física
Visite nosso site.
Contate-nos