Conheça os melhores alimentos para anemia infantil

 1.614 Visitas  3 de outubro de 2018  Rock Content
Vários brócolis

Cerca de metade das crianças com até 4 anos desenvolve anemia por carência de ferro. Existem outras causas para a doença, mas a principal delas é a falta do mineral, que leva à chamada anemia ferropriva. Nesse caso, a melhor solução é variar o cardápio e incluir alimentos que ajudem no combate à anemia infantil.

Durante o período de amamentação, o leite materno supre a necessidade do nutriente. Por isso, a maior incidência de anemia ferropriva ocorre após o desmame e ao longo da introdução alimentar. Nessa fase, muitas crianças rejeitam determinados alimentos.

A recusa causa grande frustração às mães. Quando isso acontece, é preciso ter muita paciência e criatividade para oferecer preparos diferentes, que conquistem o paladar da criança.

Você sabe o que fazer para evitar que seu filho sofra com a anemia infantil? Além da amamentação até, pelo menos, 6 meses, há alguns alimentos que ajudam a combater o problema. Confira!

Ofereça alimentos para anemia infantil

O ferro é um nutriente essencial ao organismo. A carne vermelha é considerada sua melhor fonte, mas não a única. Se a criança recusá-la, ou a família adotar princípios como o vegetarianismo ou o veganismo, é importante saber que outros alimentos também contêm o mineral:

Para aumentar a absorção de ferro, é recomendado incluir, na mesma refeição, algum alimento rico em vitamina C. Ofereça suco de frutas como laranja ou limão, salada de tomates ou inclua as frutas na sobremesa. Goiaba, manga e morango (somente após o primeiro ano de vida) são boas opções, além das frutas cítricas.

Além disso, é importante oferecer o alimento em sua forma mais simples de preparo, para que a criança conheça o sabor e desenvolva seu paladar. Se, mesmo assim, houver recusa, prepare bolos, tortas, purês, sopas, saladas e o que mais a sua criatividade mandar!

Apresente os alimentos de maneira atraente, seja em recipientes especiais para crianças, em pratos decorados ou em cadeiras de alimentação que estimulem a autonomia.

Saiba identificar o problema

É importante destacar que a quantidade de alimento necessária para suprir a carência de ferro em uma criança ou bebê é bem menor do que a recomendada para um adulto. Por isso, antes de achar que sua criança desenvolverá anemia por falta de ferro, conheça melhor os sintomas que apontam algum problema:

Atente aos riscos

Se não tratada de forma adequada, a anemia leva a outros graves problemas, como enfraquecimento do sistema imunológico, perda do rendimento escolar e, até mesmo, complicações no desenvolvimento neuropsicomotor da criança.

Quando a anemia já está instalada, é necessária a suplementação com ferro, prescrita pelo pediatra ou nutricionista infantil. Com o uso correto dos alimentos para anemia infantil, você afasta o risco e garante a saúde de seus filhos.

Quando a imunidade está baixa, o risco de contrair algumas enfermidades é maior. Para que você não tenha dúvidas, confira 4 doenças comuns em crianças e entenda quando procurar o pediatra.

 





Visite nossa loja física
Visite nosso site.
Contate-nos
Ganhe   5% OFF