Descubra quais são as melhores cores para quarto de bebês

 1.187 Visitas  13 de julho de 2018  Rock Content
Quarto de bebê com berço e cadeira.

Com tantas coisas para definir antes da chegada de um filho, organizar seu cantinho na casa é uma grande prioridade. Por isso, escolher entre as opções de cores para quarto de bebês é uma das maiores dúvidas entre gestantes.

Além da decoração, os tons para colorir o ambiente da criança devem ser bem pensados. Cada tonalidade têm o poder de provocar sensações nas pessoas e afetar até mesmo seu humor e comportamento.

Como o bebê tende a ser mais sensível a essas influências e passará muito tempo desfrutando do espaço, a seleção da paleta de cores é uma tarefa de muita importância.

Está indecisa sobre qual caminho seguir? Continue lendo este post para entender o significado de alguns tons e como usá-los no quarto do seu filhote. Acompanhe!

Amarelo

Uma das cores para quarto de bebês mais democráticas, o amarelo é repleto de energia e vida, como a luz do sol. É um tom alegre e estimulante, que pode aparecer no berço, em uma parede ou em itens de decoração.

Uma ótima escolha para entusiasmar crianças mais tímidas e inseguras. No entanto, em excesso, o amarelo pode atrapalhar o sono dos pequenos e deixá-los mais irritadiços e propensos a ataques de raivas constantes.

Azul

O azul é uma boa alternativa para quem deseja apostar em um espaço que transmita tranquilidade e calma.

De fato, uma decoração com predominância em azul ajudará a relaxar o bebê, acalmar os mais chorosos e contribuir para noites serenas de sono — por isso, vale a pena, inclusive, aproveitar o clima e comprar alguns pijamas dessa cor!

Todavia, o azul, em excesso, estimula sentimentos de melancolia e tristeza. Para resolver qualquer possível impasse, aqueça o ambiente com toques de amarelo e rosa.

Laranja

Outro tom revigorante, o laranja é tão jovial quanto o amarelo, além de ser a cor da comunicação e da cognição. Entretanto, é sempre bom evitá-lo em demasia para não deixar o bebê mal-humorado e chorão.

Para tirar proveito do potencial dessa tonalidade, aplique o laranja em um canto do quarto dedicado aos estudos ou diversão. Uma mesa para que a criança possa desenhar ou fazer outras atividades criativas é uma saída excelente.

Outra ideia é investir em um tapete nesse tom, pois pode, inclusive, incitar o pequeno a começar a rolar e engatinhar.

Verde

Dominante na natureza, o verde é considerado uma cor muito equilibrada, pois é neutra e não é classificada como quente nem fria. Portanto, as vantagens de usá-la são muitas, uma vez que está associada a ótimas sensações, como confiança, criatividade, estabilidade e concentração.

Então, caso goste, você pode escolher esse tom como prevalecente na decoração. Ainda assim, para promover mais harmonia, invista em objetos em azul que oferecem mais bem-estar e paz, além de uma peça em uma tonalidade quente — uma cortina, por exemplo — para deixar o ambiente mais aconchegante.

Vermelho

O vermelho é um tom bem intenso e feminino muito usado em projetos ousados de quartos de bebês para fugir do lugar-comum.

Relacionada ao fogo, essa cor funciona realmente como um jato de energia no espaço, por isso deve ser usada com moderação para que a criança não fique agressiva.

Em um quarto predominantemente azul, por exemplo, detalhes em vermelho — como um móbile, uma almofada, um brinquedo ou uma lâmpada — adornam o ambiente na medida certa.

Assim como na natureza, todas as tonalidades são bem-vindas e têm seu valor. Portanto, não se limite na hora de escolher as cores para o quarto do seu bebê. Tudo é válido, mas os pais precisam ter cuidado com os excessos, priorizando a harmonia para que seu filhote cresça em um ambiente agradável!

Gostou do post? Então, aproveite para continuar se informando sobre os preparativos para a chegada do seu filho e conheça as 7 peças que não podem faltar no seu enxoval!

 





Visite nossa loja física
Visite nosso site.
Contate-nos
Ganhe   5% OFF